Aplicação de Toxina Botulínica nos assistidos da Apae de Caratinga

Home/Notícias/Aplicação de Toxina Botulínica nos assistidos da Apae de Caratinga

Aplicação de Toxina Botulínica nos assistidos da Apae de Caratinga

DSC08374 DSC08373 DSC08372 DSC08366 DSC08365 1620588_875446162498782_8560167568163882641_n

Ontem  terça – feira, dia 03/03/2015, na Apae de Caratinga, alguns de nossos assistidos receberam o tratamento com aplicação de Toxina Botulínica .

Com o apoio essencial do  Dr. Leonardo Condé, tendo nossos fisioterapeutas Marcela, Patricia e Willian,  auxiliando o procedimento.

Vamos conhecer um pouco da importância da Toxina botulínica para o tratamento neurológico….

A toxina botulínica tipo A, é famosa entre as pessoas quando o assunto é beleza, ou melhor, correção de rugas de expressão. Poucas pessoas sabem, no entanto, que essa substância é usada em pacientes com doenças neurológicas como paralisia cerebral, trauma medular, paraplegia, entre outros. A substância é aplicada no músculo que está atrofiado em decorrência de alguma lesão do sistema nervoso central. Ela inibe a liberação da acetilcolina diminuindo o estímulo nervoso, relaxando a musculatura.

A substância é aplicada no músculo que está atrofiado em decorrência de alguma lesão do sistema nervoso central. Ela inibe a liberação da acetilcolina diminuindo o estímulo nervoso, relaxando a musculatura.

Os primeiros estudos, no final da década de 70, mostraram que a toxina tipo A tinha efeito positivo para tratamento de estrabismo e espasmos involuntários da musculatura das pálpebras.

Aplicação indolor

A toxina é aplicada no músculo através de uma injeção. Na hora de analisar a quantidade de doses que deve ser receitada ao paciente, o médico leva em consideração diversos fatores: peso, massa muscular, número de músculos atingidos simultaneamente, entre outros.

Efeitos positivos

O paciente começa a perceber os efeitos da toxina entre 24 e 72h após sua aplicação. “Mas o pico de melhoria mesmo é sentido em 15 dias”. Os efeitos clínicos duram cerca de 4 meses. Entre eles estão: melhoria da postura, do equilíbrio, da qualidade do sono. Também facilita atividades do cotidiano como se alimentar e se vestir, além de diminuir muito a dor. A toxina pode ser aplicada novamente em um intervalo mínimo de 90 dias.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

http://www.einstein.br/einstein-saude/em-dia-com-a-saude/Paginas/botox-e-usado-para-tratamento-neurologico.aspx

Escrito por

Secretária Escolar e Professora na APAE Caratinga, Graduação: Licenciatura em Geografia Unec,Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Federal de Ouro Preto. Especialista em Geografia e Meio Ambiente ,Especialista em Deficiências Intelectuais e Múltiplas. Especialista em Atendimento Educacional Especializado . Especialista em Tutoria, Especialista em Docência no Ensino Superior, Especialista em Educação Especial e Inclusiva.

Deixe um comentário