Blog

Home/Sem categoria/Dia Internacional Síndrome de Down 2019. Tema: “Não deixe ninguém para trás”.

Dia Internacional Síndrome de Down 2019. Tema: “Não deixe ninguém para trás”.

Este é o tema do Dia Internacional da Síndrome de Down de 2019. Todas as pessoas com síndrome de Down devem ter oportunidades de viver vidas plenas, incluídas em condições igualitárias com os outros, em todos os aspectos da sociedade.

A Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável, um plano global de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, promete que “Não deixe ninguém para trás”.

A realidade hoje é que as atitudes negativas predominantes, as baixas expectativas, a discriminação e a exclusão garantem que as pessoas com síndrome de Down sejam deixadas para trás.

Há uma falta de compreensão dos desafios que os indivíduos enfrentam ao longo de suas vidas e um fracasso em apoiá-los com as oportunidades e ferramentas necessárias para viver vidas plenas.

As pessoas com síndrome de Down e aquelas que apoiam e trabalham com elas devem ter o poder de defender essas oportunidades.

Eles podem, então, entrar em contato com os principais interessados para garantir que eles entendam como fornecer essas oportunidades e, por sua vez, disseminar essa mensagem para provocar uma mudança real.

No Dia Internacional da Síndrome de Down, quinta-feira, 21 de março de 2019, convocamos todas as pessoas com síndrome de Down a dizer ao mundo que “Não deixe ninguém para trás”!

Fonte: http://federacaodown.org.br/index.php/2019/01/07/ninguem-fica-pra-tras-tema-do-dia-internacional-da-sindrome-de-down-2019/

Escrito por

Secretária Escolar e Professora na APAE Caratinga, Graduação: Licenciatura em Geografia Unec,Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Federal de Ouro Preto. Especialista em Geografia e Meio Ambiente ,Especialista em Deficiências Intelectuais e Múltiplas. Especialista em Atendimento Educacional Especializado . Especialista em Tutoria, Especialista em Docência no Ensino Superior, Especialista em Educação Especial e Inclusiva.

Deixe um comentário